segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Fica na gente esse vazio
Repleto de ausências

(Mateus Borba)

Um comentário:

  1. O vazio repleto de presenças é o desmaio cruel. Este vazio aí é quase paz.

    ResponderExcluir