terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Meu ex-Amor, ai de ti
Se um dia voltar
E aquela angustia acordar
Engolindo de dentro pra fora
Se quiser buscar
Tudo que já não existe
Sombras que possam provar
Que algum dia nós fomos felizes

Se em seus olhos ainda viver
Aquele mesmo olhar
E aquele jogo de pernas
Que você usava pra me confundir

E as palavras...
...Ah, aquelas palavras...

Meu ex-Amor, ai de ti


(Mateus Borba)

Nenhum comentário:

Postar um comentário