sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Para Lorenight, Lorelinda

Basta um sorriso, mais nada
Motivo de sobra pra vida
Como um sol colorindo a avenida
Como estrela com o olhar alinhada

Basta um suspiro, uma nota
Para o mundo aprender nova dança
E a felicidade chegar mansa
Pra de uma vez ficar, sem ter volta

Basta ela, e tudo se faz
Novo céu, mar de astros perdidos
E o sentido real do que é paz

Muito mais, bem maior, tanto, ainda
Que nenhuma palavra é capaz
Lorecéu, Loremar, Lorelinda


(Mateus Borba)

Um comentário:

  1. Que singelo Mateus.
    Agradável e tranquilo.Gostei muito.

    Bei-jos

    ResponderExcluir